Reforço escolar

Atende crianças que cursam o 1º e o 2º ano escolar com dificuldade de aprendizagem. As escolas públicas encaminham essas crianças para o projeto, que acontece no período contrário ao da escola (de segunda a sexta-feira, duas horas diárias), em turmas de até 20 crianças. O reforço acontece em salas de catequese das paróquias da Missão Claretiana de Moçambique. Os monitores fazem a revisão do conteúdo que tiveram na escola pública e se reúnem com as famílias para orientação educacional. O projeto, que conta com 15 monitores e atende 450 crianças, acontece em cinco localidades: Gilé, Karamaju, Muiane, Moneie e Alta Ligonha).

Voltar